POLÍTICA COMERCIAL COMANDA ÁGIL

Persona ou Público Alvo

As empresas que utilizam o Comanda Ágil são bares e restaurantes, principalmente que tenham um garçom ou atendente. Porém, a comercialização é feita exclusivamente para software houses que tenham um produto de gestão comercial (ERP’s), que atendem bares e restaurantes e que não possuem aplicativo para gestão dos pedidos.

Modelo de Comercialização (B2B, B2B2C, B2C)

O modelo de comercialização é b2b (business to business ou empresa para empresa), o que quer dizer que comercializamos apenas para cnpj’s.

Canais de Atuação (venda direta, representação, parceria ou integradores de soluções)

A venda da Comanda Ágil é feita exclusivamente para parceiros de software da Retta. Este passa a agregar o nosso produto ao seu portfólio de produtos e a ser revendedores, agregando uma camada de serviço (cobrando a mais pelo seu atendimento). Novas parcerias podem nascer do interesse pela Comanda Ágil (o que é totalmente aceitável).

Customização

O aplicativo permite customizações, conforme solicitação do cliente. Contudo, toda solicitação passa obrigatoriamente por uma análise da área técnica e posteriormente é vinculada a uma proposta comercial com prazo de entrega e valor para desenvolvimento.

Esta proposta é repassada ao parceiro (ERP) que decide se encaminha ao cliente final, se assume esse custo (paga pelo cliente) ou então rejeita a proposta.

Política de Preços

Por ser um produto novo, com um modelo de comercialização diferenciado e lançamento da Retta no mercado, não há um padrão de valor a ser cobrado. Nestes casos, nós literalmente testamos valores, isso quer dizer que olhamos outros sistemas similares e, com base nisso, “chutamos” um valor e acompanhamos o feedback dos parceiros e clientes.

Atualmente cobramos do parceiro o valor de R$ 30,00 por usuário ativo, com cobrança mínima de 5 usuários por parceiro.

## Exemplo:

parceiro SOFT ERP’s atende 3 bares, cada um deles com 2 garçons. Neste caso são contabilizados 6 usuários para este parceiro. Logo, ele já ultrapassou a cota mínima e será faturado em 6 x R$ 30,00 no início de cada mês, sempre referente ao consumo (uso) do mês anterior.

Caso este mesmo parceiro atendesse apenas 2 bares com 2 garçons em cada (somando 4 usuários) a fatura emitida pela Retta contra ele no início do mês seria de 5 x R$ 30,00, por causa da cobrança mínima.

Exceções

Todo sistema ou aplicação podem ter exceções comerciais que costumam ser motivadas por dois fatores:

1- patrocinador da ideia: o primeiro cliente que investe no produto e depois fica isento das cobranças mensais;

2- cases de sucesso: os clientes formadores de opinião que podem servir como boas referências para sustentar a qualidade ou maturidade do produto para o mercado e demais clientes.