POLÍTICA COMERCIAL 

PONTO RÁPIDO

Persona ou Público Alvo

O Ponto Rápido pode ser utilizado por qualquer empresa, pequenas equipes ou profissionais autônomos que querem fazer a gestão da sua rotina de trabalho.

Modelo de Comercialização (B2B, B2B2C, B2C)

O modelo de comercialização é b2b (business to business), b2b2c (business to business to customer) e b2c (business to customer), podendo ser adquirido por empresas, por parceiros (para revenda) ou pessoas físicas.

Canais de Atuação (venda direta, representação, parceria ou integradores de soluções)

A venda do Ponto Rápido é feita pela Retta, de forma direta para empresas ou pessoas físicas (autônomos ou pequenas equipes) e para parceiros de software, que agregam o nosso produto ao seu portfólio de produtos e passam a ser revendedores, agregando uma camada de serviço (cobrando a mais pelo seu atendimento);

O modelo comercial de revenda por parceiros ainda não está definido, pois sempre há uma preocupação de ‘não oferecer concorrência ao nosso parceiro’ e neste caso nós cobramos deles um valor menor do habitual, possibilitando que eles cobrem o mesmo valor que nós do cliente final e ainda tenham uma margem para custear os encargos de faturamento, custos fixos da empresa e ter algum lucro.

Como os valores cobrados pelo produto Ponto Rápido são consideravelmente baixos, estamos avaliando a melhor forma de trabalhar com parceiros de revenda.

 

Customização

O aplicativo permite customizações, conforme solicitação do cliente. Contudo, toda solicitação passa obrigatoriamente por uma análise da área técnica e posteriormente é vinculada a uma proposta comercial com prazo de entrega e valor para desenvolvimento.

Esta proposta é repassada ao cliente que decide se assume esse custo ou então rejeita a proposta.

Política de preços

Por ser um produto novo, com o qual a Retta não tem expertise de vendas, adotamos preços similares aos concorrentes já consolidados no mercado, incluindo um diferencial de plano FREE para equipes pequenas.

Como em outros casos, nós literalmente estamos testamos os valores, isso quer dizer que olhamos outros sistemas similares e, com base nisso, “chutamos” um valor e acompanhamos o feedback dos parceiros e clientes.

http://pontorapido.com.br/index.php/planos/

Exceções

Todo sistema ou aplicação podem ter exceções comerciais que costumam ser motivadas por dois fatores:

1- patrocinador da ideia: o primeiro cliente que investe no produto e depois fica isento das cobranças mensais;

2- cases de sucesso: os clientes formadores de opinião que podem servir como boas referências para sustentar a qualidade ou maturidade do produto para o mercado e demais clientes.

Por ser um produto de baixo valor agregado (não dá muito lucro), a ideia é usar ele como porta de entrada para empresas que tenham potencial para contratar outros serviços e produtos da Retta, além de espalhar o nome da nossa empresa por outras frentes de mercado, que neste caso são os setores de RH das empresas.