top of page
  • Everton

Outsourcing em Desenvolvimento de Sistemas

Updated: May 10, 2023

COMO SURGIU

O formato outsourcing no desenvolvimento de softwares surgiu a partir da necessidade de empresas reduzirem custos e aumentarem a eficiência de seus projetos de tecnologia. A ideia é que empresas possam contratar profissionais e empresas especializadas em tecnologia da informação para realizarem o desenvolvimento de softwares em suas instalações, ou remotamente, sem precisar manter uma equipe de desenvolvimento interna.

Esse modelo de outsourcing no desenvolvimento de softwares teve início na década de 1980, com empresas americanas que terceirizavam a produção de software para empresas indianas. A Índia se tornou um grande centro de desenvolvimento de software devido à sua mão de obra qualificada e com baixo custo.

Com o passar dos anos, o outsourcing no desenvolvimento de softwares se expandiu para outras partes do mundo, e empresas em todo o mundo passaram a adotar essa prática. Hoje em dia, é comum empresas contratarem desenvolvedores externos para trabalharem em projetos de TI de curto ou longo prazo.

Embora o outsourcing no desenvolvimento de softwares possa trazer muitos benefícios para as empresas, como a redução de custos e o acesso a uma mão de obra especializada, existem também algumas desvantagens a considerar.




DESVANTAGENS

Uma das maiores desvantagens do outsourcing é a falta de controle direto sobre o processo de desenvolvimento do software. Quando uma empresa terceiriza o desenvolvimento de software, ela confia em uma equipe externa para cumprir prazos, garantir a qualidade e manter a comunicação. Isso pode levar a problemas de comunicação e falta de alinhamento entre as equipes, o que pode resultar em atrasos, erros ou problemas de qualidade.

Além disso, a questão da propriedade intelectual pode ser um problema no outsourcing de desenvolvimento de software, especialmente quando a empresa contratada está em um país com leis de propriedade intelectual menos rigorosas. A empresa pode enfrentar dificuldades para garantir que seus ativos intelectuais sejam protegidos e pode enfrentar desafios legais para fazer valer seus direitos.

Por fim, é importante lembrar que o outsourcing não é uma solução para todos os projetos de desenvolvimento de software. Para projetos altamente críticos, ou aqueles que envolvem informações sensíveis, pode ser preferível manter a equipe interna de desenvolvimento de software para garantir um maior controle e segurança.

COMO EVITAR AS DESVANTAGENS?

  1. Escolha cuidadosamente o parceiro de outsourcing: ao selecionar uma empresa de outsourcing, é importante pesquisar sobre sua reputação e experiência. Avalie as referências e converse com outras empresas que já contrataram seus serviços.

  2. Estabeleça expectativas claras e um bom plano de comunicação: antes de iniciar o projeto, é importante estabelecer expectativas claras com o parceiro de outsourcing. Defina os objetivos do projeto, os prazos, as responsabilidades e os critérios de qualidade. Estabeleça também um bom plano de comunicação para garantir que ambas as equipes estejam alinhadas em relação aos objetivos e às entregas do projeto.

  3. Estabeleça medidas de segurança: para evitar problemas de segurança, é importante estabelecer medidas para proteger a propriedade intelectual da empresa. Isso inclui acordos de confidencialidade, proteção de dados e acordos de propriedade intelectual. Também é importante avaliar as políticas de segurança da empresa de outsourcing para garantir que elas atendam aos padrões de segurança da sua empresa.

  4. Mantenha a gestão do projeto: mesmo que o projeto esteja sendo desenvolvido por uma equipe externa, é importante que a empresa mantenha a gestão do projeto e monitore o progresso regularmente. Isso ajudará a identificar possíveis problemas ou atrasos no projeto e permitirá que a empresa tome medidas corretivas para garantir que o projeto seja entregue dentro do prazo e com qualidade.

  5. Realize um bom processo de transição: quando o projeto estiver concluído, é importante que a empresa faça uma boa transição para a equipe interna de TI ou para a próxima fase do projeto. Isso pode incluir a transferência de conhecimento e a documentação adequada do projeto. Isso ajudará a garantir que a empresa possa manter o controle do projeto e possa lidar com possíveis problemas futuros.




Na Retta TI realizamos este tipo de serviço. Se interessou? Liga para a gente no telefone +55 (51) 3714-7050 ou manda um email para everton@retta.com.br



13 views0 comments

Comments


bottom of page