Buscar
  • Francini Wahlbrink

Usando RPA no setor contábil

Atualizado: Fev 11

Você já ouviu falar em RPA? Esta é a sigla para Robotic Process Automation ou, tentando traduzir ao pé da letra, Automação de Processo por Robótica. O nome é pomposo, mas você sabe o que significa? Você sabe o que o RPA tem a ver com o setor contábil? Então, siga lendo o texto, porque vamos explicar tudo para você.

O que é RPA?


Indo direto ao ponto, RPA se refere a um conjunto de soluções de automação na realização de uma tarefa. Isto é realizado por meio de softwares programados, que são os chamados robôs. Um chatbot, que são aquelas janelas com atendentes virtuais que nos perguntam se podem ajudar quando acessamos um site, é um exemplo dessa tecnologia.


Por meio de scripts, ou seja, conjunto de instruções que devem ser seguidas pelos robôs, as ferramentas de RPA realizam a automatização dos processos e atividades do dia a dia de uma organização. Assim, os robôs conseguem reproduzir as ações que qualquer ser humano poderia realizar.


Alguns exemplos do que o RPA pode fazer:


• Recuperar ou armazenar dados;

• Executar ações ou agendá-las para serem executadas posteriormente;

• Enviar mensagens e receber formulários;

• Mover dados;

• Conferir relatórios;

• Preencher dados;

• Gerar relatórios;

• Realizar cálculos.

Tudo isso se enquadra nos procedimentos diários de um escritório de contabilidade.


Vantagens do uso do RPA


Ao escolher utilizar ferramentas de RPA na contabilidade de sua empresa, você terá as seguintes vantagens:


1. Redução de custos com a diminuição de horas usadas pelos funcionários para realizar tarefas manuais que poderiam ser feitas com mais agilidade;

2. Uma melhor experiência com o serviço pelo colaborador e pelo cliente;

3. Maior eficiência nos controles;

4. Aumento da qualidade dos serviços com a diminuição de erros;

5. Aumento da velocidade dos processos;

6. Melhora nas tomadas de decisão, tornando-as mais precisas.


RPA no setor contábil


Quem trabalha no setor contábil sabe que demanda uma grande quantidade de atividades rotineiras, que precisam de atenção contínua. Muitas destas tarefas realizadas pelos colaboradores são manuais e repetitivas. Elas claramente podem ser realizadas automaticamente, por meio de RPA.


Desta forma, seus colaboradores podem ser deslocados para fazerem outras funções muito mais importantes. Isso aumenta a produtividade e a autoestima do trabalhador.

Uma ferramenta de RPA pode, por exemplo, conferir e conciliar os relatórios fiscais e contábeis, mostrando quais são os pontos neles onde há incoerência.


Seguem alguns outros exemplos de tarefas fiscais e contábeis que poderiam ser realizadas facilmente e diariamente por uma solução de RPA:


• Conciliação contábil fiscal;

• Cumprimento de obrigações secundárias;

• Apuração de tributos;

• Assinatura e transmissão automática de arquivos do SPED;

• Geração de Guias para recolhimento de Tributos;

• Validação automática de arquivos do SPED;

• Retenção automática de tributos;

• Geração automática de arquivos do SPED.


As soluções de RPA vêm sendo utilizadas em empresas de ramos diversos para solucionar questões de produtividade e rapidez em tarefas diárias. Não poderia ser diferente no setor contábil.


Gostou do nosso artigo sobre RPA? No nosso blog tem muito mais informações sobre tendências tecnológicas. Entre lá e confira!

0 visualização

Av. Avelino Talini, 171 

Lajeado/RS

CEP 95914014

  • Ícone cinza LinkedIn
  • Facebook
  • Instagram
icon-whatsapp.png

+55 (11) 4300-1049

+55 (51) 3714-7050

© 2019 por Retta TI